Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

A voz do operário

 

 

Dois funcionários da cadeia americana de fast food Domino’s Pizza, colocaram um vídeo no Youtube, gravado em tom de brincadeira na cozinha de um dos restaurantes Domino's onde revelavam atitudes muito pouco higiénicas na confecção dos alimentos. (video aqui)
 
Este vídeo rapidamente se disseminou online e facilmente chegou ao main stream, provocando um estado de crise de comunicação com sérios danos para a marca.
A primeira reacção que a marca teve, foi de tentar minimizar o acontecimento e recusar o comentário, alegando que os comentários só serviriam para alertar mais pessoas para a história, o que consensualmente, como profissionais de comunicação, entendemos como uma decisão completamente errada.
 
Deste caso, que de alguma forma poderá servir como case study, uma vez que pode facilmente ser replicado em qualquer restaurante, chamo sobretudo a atenção, para uma nova realidade que os social media vieram maximizar e potenciar, que reside no facto de qualquer funcionário de uma organização, ser simultaneamente um dos seus potenciais porta vozes.
Esta nova realidade que faz com que todas as pessoas da empresa, sejam simultaneamente os seus principais veículos de comunicação com o exterior, obriga a que a comunicação tenha que ser pensada de dentro para dentro para poder resultar de dentro para fora.
Uma cadeia como a Domino’s Pizza com 145 mil empregados, aprendeu com este episódio, que tem também 145 mil comunicadores que tem que informar, motivar e integrar no seu plano estratégico de comunicação.
Uma boa política de contratação, motivação e valorização dos recursos humanos, para além de estar na base de qualquer organização de sucesso, é ao mesmo tempo condição absolutamente necessária para garantir que a mensagem que passa para fora é por todos entendida, cultivada e partilhada.
publicado por uriel oliveira às 15:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

Rádio ganha novos ouvintes

 

Segundo dados do último bareme, a rádio tem vindo a ganhar novos ouvintes, reforçando a ideia que não é a comunicação social que está em crise, mas sim os formatos que dependem da venda da informação e não exclusivamente das receitas publicitárias.

tags:
publicado por uriel oliveira às 14:12
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

Sócrates 2009, sem esperança

 

Estive a espreitar o portal Sócrates 2009. Ao nível da comunicação, ferramentas de social networking, imagem e conteúdos, o portal parece-me estar muito bem conseguido e funcional, utilizando das mais avançadas tecnologias na sua concepção. Não tenho nada contra o facto de na sua estrutura ser uma cópia do Organizing for America de Barack Obama, afinal os bons exemplos são para ser copiados, no entanto, se a ideia foi fazer qualquer coisa parecida com o que actual Presidente dos Estados Unidos fez, não tenho dúvida que está destinado ao fracasso.

 

Apesar de, quer ao nível de ferramentas de comunicação, quer ao nível tecnológico, as soluções serem idênticas, elas distanciam-se infinitamente no essencial, ou seja, o protagonista e os valores que ele nos transmite. Não vou enumerar as diferenças entre o presidente americano e o nosso primeiro-ministro, porque não quero transformar este blogue num espaço triste e sombrio, mas limito-me a dizer que como marcas, o principal valor que os distancia resume-se numa palavra: ESPERANÇA.
 
Quando David Plouffe disse numa conferência na Católica em Lisboa, (aqui o post que fiz na altura sobre esse acontecimento) que a estratégia de comunicação utilizada por Obama, assentava essencialmente na capacidade de mobilização de milhões de voluntários espalhados por toda a América, que trabalhavam cerca de 20 horas semanais, sem qualquer pagamento, para suportar e promover a candidatura presidencial, questionei-me a mim próprio: O que motivou esta gente?!  E encontrei a resposta no final do portal de Obama, onde diz “Powered by HOPE”.
publicado por uriel oliveira às 10:47
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Comunicar Portugal

 

 

A Sonae Turismo mostra neste vídeo de apresentação do complexo Troia Resort, como se deve comunicar Portugal para o mundo.
Este é o nosso país, tem todos os ingredientes necessários para ser um dos locais mais apetecíveis e desejados por turistas de todo o mundo. Não é preciso inventar muito, nem ser um grande perito em comunicação, basta abrir os olhos e ver, para comunicar a marca Portugal com base no seu maior e verdadeiro potencial.
publicado por uriel oliveira às 14:06
link do post | comentar | favorito
partilhar

.uriel oliveira


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

.posts recentes

. ainda o Euro 2012

. Contradição olímpica

. Madonna - Só se for em sa...

. Briosa: Uma marca com gra...

. O Pingo Doce está outra v...

. Um mundo melhor

. O campo na Avenida

. A crise portuguesa nos me...

. Afinal o golf continua a ...

. O poder da sugestão

. Champanhe Mumm com sabor ...

. Comunicar em roupa interi...

. Alerta de crise na Ensite...

. Os ratos da política

. O dia em que um sorriso p...

. O caçador _____ o urso

. O meu iPad

. Alegria

. A máquina dos U2

. Mais leitores por menos d...

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.feeds