Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

A marca Ronaldo

 

Cristiano Ronaldo é o herdeiro mais natural de David Beckham em termos de importância publicitária no Reino Unido não fosse o facto de ser estrangeiro e o "mau da fita" para a maioria dos britânicos, afirmam especialistas em marketing desportivo.
In Record 13.01.09 http://www.record.pt/noticia.asp?id=819155&idCanal=292
 

 

Parece-me normal  que a marca Ronaldo não tenha o mesmo valor em Inglaterra do que tem em Portugal, ou mesmo no resto da Europa, e só me parece aceitável comparar o valor iconográfico em Inglaterra do Ronaldo com o do David Beckham, como exercício meramente académico.
Vistas bem as coisas, se por um lado o Beckham nunca foi considerado o melhor do mundo, por outro, o Ronaldo nunca jogou pela selecção inglesa, porquê comparar?
Só faz sentido porque a comunicação social inglesa continua a criar e influenciar as tendências europeias e mundiais e conseguiu fazer do David Beckham uma verdadeira “Barbie” do futebol mundial. No que diz respeito ao Ronaldo, a comunicação social inglesa não tem qualquer interesse, nem motivação, para o fazer, na medida em que na hora de representar um país, é com a camisola de Portugal que ele joga.
 
Os valores relacionados com a nacionalidade são os intangíveis mais fortes que uma marca pode comunicar, na medida em que são os que mais facilmente fazem desencadear emoções nos mais variados públicos, pelo que é no mercado nacional que o valor mediático do Ronaldo atinge o seu ponto mais elevado.
No entanto, uma possível transferência para o Real Madrid poderá fazer disparar o seu valor publicitário no mercado espanhol e para além das fronteiras do velho continente, também os mercados da Ásia e da China, cujo futebol começa a mover paixões poderão colocar a marca Ronaldo acima de qualquer concorrente.
publicado por uriel oliveira às 18:25
link do post | comentar | favorito
partilhar

.uriel oliveira


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

.posts recentes

. ainda o Euro 2012

. Contradição olímpica

. Madonna - Só se for em sa...

. Briosa: Uma marca com gra...

. O Pingo Doce está outra v...

. Um mundo melhor

. O campo na Avenida

. A crise portuguesa nos me...

. Afinal o golf continua a ...

. O poder da sugestão

. Champanhe Mumm com sabor ...

. Comunicar em roupa interi...

. Alerta de crise na Ensite...

. Os ratos da política

. O dia em que um sorriso p...

. O caçador _____ o urso

. O meu iPad

. Alegria

. A máquina dos U2

. Mais leitores por menos d...

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.feeds