Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

A polémica do Jornal Nacional

Apesar de ser público que o primeiro ministro recorre habitualmente a serviços de assessoria mediática, eu continuo a pensar que ele precisa de um bom media training, afinal, cala-se quando deve falar e fala quando deve estar calado, o que tem tido consequências desastrosas na sua imagem.
O episódio de afastamento do Jornal Nacional de Manuela Moura Guedes, que tem agitado nos últimos dias a campanha eleitoral, é mais um exemplo de falta de oportunidade de Sócrates nas suas declarações à comunicação social. Desde quando o primeiro ministro comenta decisões de uma empresa privada? O único comentário possível perante esta decisão da Prisa, é “não faço comentários” - O primeiro ministro não comenta nem opina sobre decisões do foro interno das empresas. Ponto final. Uma vírgula a mais do que isto é alimentar a polémica.
Em relação à decisão propriamente dita, só peca por ser tardia. A Manuela Moura Guedes é um atentado ao jornalismo sério em Portugal, pelo que, sem o marido para a segurar, a decisão parece-me normal e previsível. Para mim esta polémica, aproveitada politicamente ao máximo, foi ateada pelo próprio Moniz quando ao sair da TVI disse que seria um escândalo tirar a MMG do ar. Eu acho que seria um escândalo mantê-la.
publicado por uriel oliveira às 10:52
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
3 comentários:
De Céptica a 9 de Setembro de 2009 às 00:31
Absolutamente de acordo.
Quanto ao Marketing Político (ou pulhítico) tanto do PS, como da oposição, ele ainda está a dar os primeiros passos, embora o mesmo já não se possa dizer em relação a alguns blogs, cujo projecto de «marketing de guerrilha» contra Sócrates já leva algum avanço. Contudo, não deixam de ser tão ou mais manipuladores, promovendo o controle dos comportamentos individuais, acarretando uma miséria simbólica que ameaça as capacidades mentais e intelectuais dos seus seguidores/leitores!!
Enfim, aquela velha máxima continua correcta: «olhem para o que eu digo e não para o que eu faço.»

Perde-se uma vez mais a oportunidade de discussão séria acerca do futuro do país e dos seus cidadãos. Esquecem-se com minudências deste tipo, infelizmente, os desafios que temos pela frente!
De arita a 10 de Setembro de 2009 às 12:28
Olá, queria dar-te a conhecer um novo blog criado por mim chamado I ♥ Music onde sugiro músicas que gosto aos leitores do blog, para visitá-lo clica aqui (http://musiica.blogs.sapo.pt/)!
De Pneus Baratos a 21 de Fevereiro de 2010 às 12:17
Mais um episódio do país das maravilhas...

Comentar post

.uriel oliveira


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

.posts recentes

. ainda o Euro 2012

. Contradição olímpica

. Madonna - Só se for em sa...

. Briosa: Uma marca com gra...

. O Pingo Doce está outra v...

. Um mundo melhor

. O campo na Avenida

. A crise portuguesa nos me...

. Afinal o golf continua a ...

. O poder da sugestão

. Champanhe Mumm com sabor ...

. Comunicar em roupa interi...

. Alerta de crise na Ensite...

. Os ratos da política

. O dia em que um sorriso p...

. O caçador _____ o urso

. O meu iPad

. Alegria

. A máquina dos U2

. Mais leitores por menos d...

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.feeds